Oito Erros na Cozinha

Para DONAS e DONOS de casa e respectivas secretárias

(Combater velhos hábitos é preciso)
  

1° erro:

Lavar as carnes debaixo da torneira.




Primeiro, você perde nutrientes.
A carne fica esbranquiçada.
Segundo: a contaminação que existe vai aumentar,
porque aumenta a quantidade de água e as bactérias vão penetrar mais ainda.
A única carne que se lava é o peixe e só para tirar escamas e a barrigada.


2° erro:

Colocar detergente direto na esponja, o que leva ao exagero.

O detergente nunca deve ser colocado direto na esponja.
Vai ser muito difícil enxaguar todo esse detergente.
O resto de detergente que fica junto com os alimentos pode no futuro dar um problema para a sua saúde.
Para limpar sem exagero, você precisa apenas de oito (8) gotas de detergente em um litro de água.




3° erro:

Usar tábua de carne de madeira.



Na tábua de madeira as bactérias ficam te aplaudindo!
Tábua tem que ser de plástico ou vidro.

4° erro:

Sobre guardar comida quente na geladeira.





Este é um dos um dos mitos mais difundidos entre as donas de casa.
Não há erro em guardar comida quente na geladeira.
A melhor coisa é dividir em pequenas porções, garantindo que o alimento pronto refrigere mais rápido. O ideal seria tirar a comida da panela onde foi preparada e acondicionar em potes de vidro que devem ser adequadamente fechados.

A engenheira ainda alerta, é melhor evitar panelas de ferro, principalmente sem tampa. Se a comida tiver amido (arroz, feijão, batata,…) ela pode gelatinar, por conta da perda excessiva de umidade. E o ferro (ou alumínio) transfere elementos de sua composição para o alimento, quando estocados, podendo gerar contaminação.
O único problema é que vai aumentar um pouquinho o consumo de energia,
mas não vai estragar a geladeira de modo algum. Se você é daqueles que lê manuais de instruções, já reparou que no da sua geladeira vem a recomendação de não colocar alimentos e bebidas quentes dentro dela para evitar um consumo maior de energia.

5° erro:

Posso secar roupas atrás da geladeira?


Não, as grades de trás são dutos onde passa o fluido que tira o calor de dentro e o dissipa no ar, por isso elas esquentam. Quando colocado roupas úmidas sobre esses dutos dificulta a dissipação do calor, o que diminui a capacidade de resfriamento e o desgaste do refrigerador assim diminuindo a vida útil do compressor (motor) e aumentando o gasto de energia.

6° erro:

Furar a lata de leite condensado e utilizá-la várias vezes.




As pessoas pegam a lata de leite condensado e fazem dois buraquinhos, um de cada lado.
Sai leite condensado por um lado mas, pelo outro, entra uma porção de bactérias.
Diante disso, os riscos de uma eventual intoxicação alimentar aumentam. A dica então para guardar o restante do leite condensado é usar um recipiente de plástico ou vidro

Leia mais em: http://www.clickgratis.com.br/receita/dicas-cozinha/erros-que-as-pessoas-cometem-na-cozinha-e-que-deveriam-ser-evitados-veja/#ixzz4D4VVpzIy

7° erro:

Ignorar as formigas.


Quando se fala em doce, a gente não pode esquecer as formigas.
Você provavelmente não se importaria se encontrasse 
uma formiguinha em cima do seu bolo, não é?
Doutor Bactéria: 
E se fosse uma barata?
Marina Scherb, de 12 anos: Aí eu não como.
Doutor Bactéria: Se a gente pegar uma barata, matar essa barata,
deixar no meio da cozinha, no dia seguinte, cadê a barata?
Marina: Sumiu.
Doutor Bactéria: Quem levou?
Marina: As formigas...
Doutor Bactéria: A mesma que estava em cima do bolo?
Marina: É, né?...
Doutor Bactéria: As formigas são consideradas até
maiores agentes transmissores de bactérias do que a própria barata.
Doce com formiga só pode ter um destino: a lata de lixo.

8° erro:


Virar a comida com muita frequência.




É fato que uma comida bem misturada faz toda a diferença para deixar o seu tempero uniforme. Porém, em muitos casos, exagerar ao mexer ou virar a comida na panela pode ser um grande erro. Para carnes por exemplo, existe o tempo correto para cozimento, e deste modo corre-se o risco de não obter uma comida totalmente uniforme (ou seja, parte cozida e parte crua ou sem tempero).




Postar um comentário