Por que a sexta-feira 13 é dia do azar ?







De todas as superstições conhecidas, a que se refere ao número 13 talvez seja a mais popular.

Sua origem parece estar em duas lendas da mitologia nórdica. De acordo com a primeira delas, houve no Valhalla, a morada dos deuses, um banquete para o qual doze divindades foram convidadas. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga em que morreu Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.

Na Escandinávia também, segundo outra lenda, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a friadagr, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, a lenda transformou Friga em bruxa, exilada no alto de uma montanha. Para vingar-se, ela passou a reunir-se todas as sextas com outras onze bruxas, mais o demônio - num total de treze entes que ficavam rogando pragas sobre os humanos.

Da Escandinávia a superstição espalhou-se pelo Europa. Serviu para consolidá-la o relato bíblico da última Ceia, onde havia treze à mesa, às vésperas da crucificação de Cristo.

Para os místicos este dia está associado a evolução de todo ser e também é um dos dias mais poderos, pois o numero 13 somado é igual a 4 ( 1+3=4 ) e o numero 4 significa o tudo existente, os quatro elementos, água, fogo, terra e ar.

Mas a superstição da Sexta-feira 13 surgiu com os romanos. Não tinha nada de azarento. Com o passar do tempo, alguns acontecimentos dados nesta época marcaram este dia. Transformando a Sexta-feira 13 em um dia temido por muitas.

Um lenda européia diz que na Sexta-feira 13 "as bruxas estão a solta".

A palavra superstição significa "vidente ou profeta". A superstições aparecem como explicação para muitos fatos que desconhecemos.

Acreditem se quiser, mas as superstições e o azar estão ligados apenas a acomodação e a falta de fé, uma maneira de encontrarmos culpados para nossos insucessos ou fracassos, muitas das vezes resultantes de nossa própria falta de cuidado e esforço.

Quando nós não conseguimos o que queremos, botamos a culpa logo no azar, mas quando tudo nos dá certo, aí sim somos "SOTUDOS".

Infelizmente, nós seres humanos, de tudo que nos acontece, sempre damos valor aos nosso fracassos e não vemos tudo de bom que podemos fazer.

A superstição é derivada apenas de nosso desconhecimento, mas quando nos tornamos mais conscientes de nossos atos, nossa forma-pensamento se fortalece.

Superstições são culpados que encontramos para nossos erros e desconhecimentos

*Quando um gato preto atravessa nosso caminho logo pensamos que teremos um dia inteiro de azar, mas podem ter certeza de que ele estará pensando que terá "azar" se você o chutar;

*Quando quebramos um espelho acidentalmente morremos de pavor achando que teremos 7 anos de azar, mas nós você não tivermos cuidado com nossas coisas poderemos ter um prejuízo 7 vezes maior que aquele;

*Ao passarmos por debaixo de uma escada também pensamos que nosso dia será desastroso , cheio de azar, mas podem ficar certos de que teremos um grande "azar" se tropeçarmos na escada e em cima dela estiver um pintor com várias latas de tinta;

Bom é isso, fiquem com Deus e tenham uma ótima Sexta-feira 13.

Na minha opinião azar mesmo é daquele que vive da maldade, do desconcerto, do desamor, da ignorância, da fofoca, do disse me disse, pra gente que acredita em um Deus vivo e na sua total proteção, a sexta feira 13 é só mais um dia de bençãos, milagres, e grandes realizações. Não há mal que prevaleça, não há superstição que permaneça.








Sem preconceitos por favor!!! rsrsr
Este mês tem Sexta-feira 13 ...
O gato preto tem nada haver com isso ...
O Azar é teu que tem superstição ... 

Postar um comentário